Saiba como usar o EaD como alternativa para reduzir o impacto da pandemia em sua IES

Desde o último dia 11 de março, o setor educacional vem sofrendo o impacto da pandemia  do Novo Coronavírus (Covid-19), anunciada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Afinal, o isolamento social tornou-se a principal forma de deter o vírus e as IEs brasileiras estão buscando formas de adaptar aulas para o EaD. 

Diante de um cenário de incertezas, o ensino à distância e o ensino híbrido são alternativas em tempos de coronavírus. Sendo assim, para amenizar os prejuízos causados pela pandemia no calendário letivo, o ensino presencial enfrenta um desafio de caráter emergencial.

Neste conteúdo você vai conhecer dicas fundamentais para adaptar aulas para o EaD no contexto do coronavírus. Afinal, é preciso ofertar aulas de qualidade e tranquilizar seus alunos neste período complexo para a educação.

Covid-19 na educação: o impacto da pandemia na educação

Os jornais e noticiários do mundo todo falam de um só assunto: coronavírus. A pandemia que se espalhou pelo mundo chegou ao Brasil com mais força no mês de março e obrigou gestores educacionais a tomarem decisões de grande responsabilidade com muita agilidade.

Diante da recomendação de evitar aglomerações e permanecer em isolamento social, no dia 17 de março, o Governo Federal autorizou a substituição das aulas presenciais por aulas à distância nas instituições federais de ensino. Depois disso,  novas portarias surgiram e intensificou-se a suspensão das aulas tanto na esfera pública quanto privada.

Assim sendo, desde então os cursos presenciais estão se reinventando para adaptar aulas para o EaD e amenizar o impacto do Covid-19 na educação. 

Em síntese, neste momento o ensino à distância pode ser uma forma eficaz de tentar manter o planejamento das instituições de ensino neste primeiro semestre, ainda conturbado. Mas afinal, como fazer isso da melhor forma possível?

Como adaptar aulas para o EaD por causa do coronavírus?

Um dos maiores mitos sobre o ensino à distância é que para adaptar aulas para o EaD basta transferir o conteúdo criado para uma aula presencial para um outro formato. A verdade, porém, é que o ensino à distância e o ensino híbrido são modalidades distintas e que possibilitam a diversidade pedagógica. 

Nesse sentido, para adaptar aulas para o EaD em tempos de coronavírus, sua IEs pode usar ferramentas tecnológicas como:

O primeiro passo para utilizar o EaD como alternativa é  selecionar um  bom ambiente virtual de aprendizagem (AVA ou LMS, na sigla em inglês). Afinal, é ele que viabilizar as aulas online e organizar o processo de interação dos alunos, incluindo planejamento de atividades e avaliações.

Além disso, o AVA facilita o trabalho do docente e dá a ele maior controle e dimensão sobre o desempenho dos alunos.

Interação professor e aluno no ensino à distância 

Um dos maiores desafios para professores e alunos do ensino presencial ao adaptar aulas para o EaD durante o coronavírus é o fator da interação. Afinal, a impressão que muitos estudantes têm é que, no ensino à distância, ficarão “desassistidos”.

No entanto este é outro mito do universo EaD, pois no ensino híbrido ou à distância  o papel do professor ganha ainda mais peso. Nesse sentido, uma dica valiosa é conhecer melhor e aplicar o conceito de metacognição em sua IE.

Em síntese, a metacognição é o conjunto de conhecimentos que alguém pode desenvolver  sobre seu próprio processo de aprendizagem. Através do estímulo à autonomia, ela tem transformado a experiência e a performance de alunos e professores. 

Sendo assim, compartilhe este conceito com seus alunos e inclua a metacognição em seu planejamento pedagógico neste período. Ela vai ajudar alunos a lidarem melhor com um processo de aprendizagem mais autônomo. 

Quais ferramentas tecnológicas usar para adaptar aulas para o EaD?

Vídeos, podcasts, aplicativos, plataformas, lives, games de aprendizado, fóruns de perguntas e por aí vai… Não é novidade que a tecnologia tornou-se uma grande aliada da educação dentro e fora da sala de aula. Afinal, até os alunos recorrem a ela para aprender. 

Nesse sentido, é fundamental usá-la para adaptar aulas para o EaD neste período de coronavírus. No entanto, é necessário filtrar o que é mais adequado ao seu contexto. Afinal, são muitas possibilidades de tecnologias e metodologias ativas voltadas para a aprendizagem.

Sendo assim, veja alguns fatores importantes que devem ser considerados antes de selecionar as ferramentas mais adequadas:

  • Perfil do aluno: ouça e entenda quais as demandas do seu aluno neste momento. As turmas são diferentes e cada uma delas pode demandar ferramentas distintas para aprender;
  • Curadoria do professor: avalie com o professor qual a melhor forma dele criar conteúdos online, afinal, cada docente também tem um perfil e um ritmo de adaptação à nova rotina;
  • Planejamento e estratégia: opte por tecnologias que otimizem processos e custos.  Afinal, ainda não é possível saber quanto tempo esta fase vai durar, portanto seja estratégico e selecione ferramentas alinhadas ao seu planejamento e proposta pedagógica;
  • Teste e experimente: nada precisa ser definitivo. Mantenha constante avaliação e feedback das aulas e caso perceba que alguma ferramenta não está tendo bom desempenho, troque. Não perca tempo insistindo em tendências se elas não funcionarem para seu contexto.

Covid-19 na educação: encare o desafio com estratégia e assertividade

Apesar do momento que gera certo caos no setor educacional e, principalmente, no ensino presencial, é preciso encarar o desafio. O cenário é desconhecido por todos os gestores educacionais no Brasil, portanto é preciso perder o medo de errar e agir.

Construa soluções junto à sua equipe e com seu corpo docente, afinal, eles conhecem a dinâmica da IEs tanto quanto você. Em síntese, é possível adaptar aulas para o EaD em tempos de coronavírus e fazer isso com qualidade. Mantenha-se atualizado sobre a situação, acompanhe outros conteúdos do blog sobre o assunto e lembre-se que todo período de crise pode ser uma janela de oportunidade para fortalecer a marca da sua IE!

Marcelo Lima por Marcelo Lima