Conheça essa nova tendência do mercado educacional e saiba como manter a segurança em provas online

No início do mês de julho, o Ministério da Educação (MEC) anunciou que fará uma aplicação piloto de prova digital no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Com uma novidade, as instituições de ensino estão repensando suas formas de avaliação. Dessa maneira, uma das preocupações das IES, atualmente, é como manter a segurança em provas online e digitais.

A utilização da tecnologia para realizar provas online ainda não é comum no Brasil. Apesar disso, essa é uma tendência cada vez mais forte dentro e fora do país. Certificações internacionais, como da Microsoft, Oracle, entre outras, já atuam dessa forma há muito tempo. Tal metodologia, além de facilitar a vida do aluno, traz diversos benefícios para as instituições.

Neste blogpost, você vai conhecer essa novidade e saber como garantir a segurança em provas online e digitais. Vamos lá?

duas pessoas estão estudando e enquanto uma está operando o notebook, a outra está escrevendo em um caderno de anotações. A imagem simboliza provas analógicas e digitais.

Provas e admissão digital: atendendo ao novo perfil de aluno

Não é preciso muito esforço para perceber como as mudanças tecnológicas impactaram nossos hábitos de rotina. Basta olhar ao redor e ver o quanto a internet faz parte da vida das pessoas em diferentes esferas: comunicação, trabalho, lazer, serviços e etc. 

Com a chegada da geração Z (nascidos entre meados dos anos 1990 até 2010) à universidade, foi preciso uma adaptação dos métodos tradicionais. Os alunos dessa geração cresceram vendo e experimentando as possibilidades do mundo online. A demanda pela modernização dos processos nas IES parte dos estudantes, e é ferramenta para captar e reter alunos. 

Aulas mais interativas, implementação de cursos híbridos, crescimento do EaD e processos de admissão digital  já são tendências consolidadas. Sendo assim, as provas online também servem para corresponder uma necessidade deste novo estudante. Além disso, elas reduzem custos para as IESs e otimizam tempo e trabalho. 

Vale ressaltar que, provas online são diferentes de provas digitais. O Enem, por exemplo, será totalmente digital e isso não quer dizer que ele se tornará online. Contudo, com a transformação digital que o mundo vive, tudo está mudando muito rápido e é preciso atentar-se a isso.

Muitas instituições de ensino já trabalha com soluções digitalizadas e online para seus processos seletivos. A Quero Educação, por exemplo, oferece uma solução com processo seletivo 100% digital: o Admissão Digital. Agora, é preciso, também, repensar os formatos das provas como um todo.

Vamos entender como as provas online funcionam?

Provas online: softwares e ferramentas educacionais

Atualmente existem diversas plataformas para aplicar provas online. Elas garantem a velocidade na correção e a confidencialidade das informações. Tudo isso graças aos sistemas de gestão de prova (SGP), que podem ser usados em todas as etapas de uma prova e de maneira automatizada.  

Um exemplo desse tipo de tecnologia educacional é o software Prova Fácil, já utilizado por diversas instituições de ensino. Com este tipo de ferramenta, é possível elaborar, aplicar e corrigir simulados e avaliações regulares. Tudo funciona dentro de uma plataforma com acesso único e exclusivo para cada usuário.

Uma das preocupações das instituições de ensino que ainda resistem em aplicar provas online é a segurança. Essa, de fato, deve ser uma prioridade na decisão por um formato de avaliação. Então vamos entender como manter a segurança?

A mão de um homem segura o celular e simboliza a segurança de processos online

Segurança nas provas online: tecnologia para garantir o sigilo de cada etapa

Os sistemas de avaliação online são capazes de armazenar todas as provas e questões em um ambiente digital. O acesso é permitido aos professores apenas em momentos específicos. A correção é automatizada, ou seja, livre de erros ou inconclusões.   

Um dos recursos de segurança em provas online é a identificação exclusiva por QR Code. Com o propósito de garantir a confiabilidade de informações, provas e gabaritos, por exemplo, possuem identificações diferentes. Além disso, alguns softwares geram assinaturas digitais dos alunos. 

O Product Manager da Quero Educação, André Simões, explica como isso funciona: “Para garantir a segurança em provas online, geramos a assinatura digital. Temos o endereço de IP do aluno e seus dados de acesso, assim garantimos a execução única da prova e de uma pessoa específica”, diz.

Para o especialista, o mercado educacional está se movimentando em busca de soluções para manter segurança nesse tipo de avaliação. Ele também destaca a relevância de pensar na experiência do aluno. EaD no Brasil

Experiência do aluno: flexibilidade, autonomia e segurança nas provas online

Um dos fatores que tem conquistado alunos e, por outro lado, convencido instituições de ensino a adotarem as  provas online é o aspecto da experiência. Essa é uma questão que motivou a alteração no formato do Enem.

De acordo com o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Alexandre Lopesmal, a partir de 2020 o Enem vai mudar. Um piloto da prova digital está sendo desenvolvido e será testado ano que vem. A princípio, a prova digital será oferecida de forma opcional a 50 mil alunos. 

A ideia, no entanto, é que em 2026, o Enem ocorra de forma 100% online.

“Hoje em dia, fazer a prova do Enem exige toda uma preparação burocrática. Além disso, há questões envolvendo o deslocamento e a execução no dia. São dois dias cansativos para o aluno. Todos esses fatores aumentam as chances dele ter problemas que prejudiquem seu desempenho”, afirma André Simões. 

Com a nova proposta do Enem, é urgente que as IES repensem suas provas e formatos. Afinal, o Enem dita tendências no mercado educacional e é parâmetro para os alunos. Proporcionar a melhor experiência de avaliação para os estudantes é fundamental. Com um enem mais moderno, interativo e dinâmico, não vale mais ter processos tão analógicos.

imagem de uma mão preenchendo um teste físico e analógico

 Vantagens de aplicar provas onlines na sua instituição

Hoje em dia, não é necessário estar pessoalmente em um local para realizar diversas atividades. Nas IESs, inscrições, matrículas, renovações e até tarefas educacionais já são feitas pela internet.

A inovação já é critério importante para escolher por uma instituição de ensino. Sendo assim, modernizar processos de avaliação torna-se um diferencial da sua marca e uma ferramenta para atrair mais alunos. 

Conheça algumas das vantagens das provas online para sua IE:

  • Redução de custos (impressão de materiais, água, luz, telefone, contratação de profissionais etc);
  • Alcance de mais candidatos (flexibilizar dias e horários permite alcançar mais pessoas para seu processo seletivo);
  • Maior possibilidade de inclusão social (processos online podem ser mais inclusivos com alunos que possuem diferentes tipos de deficiências);
  • Otimização e facilitação do trabalho de professores nas correções;
  • Precisão nas correções (a tecnologia garante mais segurança e assertividade em provas online);
  • Sustentabilidade (redução drástica do desperdício de recursos no processo);
  • Melhoria da experiência do aluno (praticidade, autonomia, logística etc);
  • Conclusão

    O mundo digital transformou as instituições de ensino nos últimos anos. Dentro e fora da sala de aula, já tornou-se urgente aderir a tecnologia como aliada. O recente anúncio de que até a prova do Enem pode ser digital, tem feito as IES repensarem seus processos. 

     A aplicação de provas online é uma das tendências de inovação mais fortes do mercado. A opção é mais prática para alunos e instituições, e está gerando redução de custos para as IES e uma experiência melhor para os estudantes. 

    A segurança em provas online é um diferencial da proposta. A tecnologia contribui para dar mais velocidade e precisão nas correções. Além disso, essa possibilidade tornou-se um diferencial diante de um mercado concorrido e competitivo. Pense nisso!

    Continue atualizado sobre as tendências educacionais! Conheça outros artigos do nosso blog!

    Patrick Caldas
    por Patrick Caldas