0
(0)

Saiba quais as melhores ferramentas e jogos educativos que retem seus alunos em sua instituição de ensino e conheça as vantagens do seguro educacional

6% dos estudantes brasileiros saem da escola antes de finalizar o ciclo educacional básico (Fundamental e Médio).  São quase 2 milhões de pessoas que não conseguem finalizar seus estudos por diferentes razões: sociais, econômicas, de mobilidade, falta de interesse nos conteúdos, dentre outros motivos. Para reter a atenção dos jovens é preciso entender o contexto geral em que ele está envolvido e usar novas ferramentas e jogos educativos para engajar alunos desmotivados.

Esse problema atinge principalmente jovens que deveriam cursar o Ensino Médio e, apesar de difícil solução, é possível trabalhar para amenizar algumas destas situações. Mas fundamentalmente precisamos adequar as metodologias à realidade do aluno para que o interesse não se perca, mesmo com as dificuldades da jornada.

Crianças negras estudando em mesa de madeira

Ensinar de forma inovadora para criar adesão

Crianças e adolescentes são, de fato, mais sensíveis, não somente às influências físicas de seu meio ambiente, mas principalmente às influências mentais. Se ainda não conseguimos mudar todo o panorama social/econômico do nosso país, podemos, ao menos, focar nos interesses dos alunos. Tudo isso para tentar diminuir as ausências nos bancos escolares.

Chega a ser difícil pedir aos nascidos após o ano 2000 para que se desconectem das telas de seus celulares e se concentrem em aulas tradicionais. É um desafio não só para eles, mas também para os professores que em suas licenciaturas também foram ensinados de forma tradicional. Agora, é preciso “sair da caixa” para acompanhar a linguagem da geração Z. 

Métodos inovadores

É possível entreter enquanto se ensina. Lecionar não precisa ser algo doloroso quando se tem boas ferramentas e jogos educativos para respaldar o seu trabalho. Para você engajar alunos desmotivados e concentrar a atenção dentro de sala,  algumas dessas ferramentas podem ser úteis:

  • Google Art Project – permite a exploração de museus de diversos locais do mundo;
  • Geogebra – destinado ao aprendizado de álgebra e geometria;
  • Duolingo – para o ensino de inglês e outros idiomas;
  • Youtube – a plataforma mais rica em conteúdos audiovisuais do mundo.

alunos concentrados em sala de aula com professor de pé em frente ao datashow

Estímulo constante para atrair seus alunos 

Estimular trocas de experiências e informação entre os alunos é sempre um bom caminho. Jogos interativos com temas multidisciplinares e grupos heterogêneos são ferramentas que despertam o interesse e a concentração dos alunos em sala de aula. Uma forma excelente de manter seus alunos engajados em um propósito maior é estimular o gosto pelo aprendizado, ou metacognição

Um bom exemplo são os jogos educativos desenvolvidos no projeto Remar(http://remar.rnp.br/), criado pelos estudantes da Universidade Federal de São Carlos. O programa é pioneiro na criação de jogos gratuitos de caráter educativo. A ideia é que os professores possam personalizar os conteúdos para serem ministrados em sala de aula.

Atualmente já são três jogos disponíveis na plataforma. O desenvolvimento é financiado pelo CAPES e conta com jogos inclusivos também para PCD. 

Precisamos dialogar com a realidade do século XXI. Com as ferramentas certas nas mãos, não é preciso temer o mundo digital, e sim torná-lo um aliado no processo de formação dentro de sala de aula. Assim, conseguimos minimizar o desinteresse nos conteúdos tão importantes.

Seguro Educacional para reter o aluno 

O seguro educacional pode mudar o mercado de maneira significativa. Com ele é possível tornar a relação entre instituição e aluno mais suave e coerente com a experiência que as instituições de ensino, de fato, desejam proporcionar.

Leia também: Seguro Educacional em tempos de crise

Nosso seguro cobre 100% do valor da mensalidade por até 12 meses. Todos os alunos e responsáveis financeiros inseridos nesse modelo ficam automaticamente cobertos pelo seguro e a evasão é diminuída significativamente. 

Clique no Banner abaixo e saiba mais!

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Isabelle Castilho por Isabelle Castilho