0
(0)

 

Cerca de 80% dos alunos do ensino superior privado se matriculam somente após ter conhecimento de suas notas do Enem, que podem valer descontos universidades privadas pelo ProUni, é o que aponta um levantamento realizado pela consultoria Educa Insights.  Por este motivo, o atraso na divulgação das notas do próximo Enem, que deve ocorrer no fim de março – dois meses mais tarde que os anos anteriores, pode comprometer o ingresso de 3,5mi de alunos no ensino superior privado em 2021. 

 

Segundo o presidente da Abmes (Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior), Celso Niskier, o setor está pleiteando junto ao governo federal que a concessão das bolsas do ProUni seja desvinculada da nota do Enem. 

Saiba mais 

 

Presidente da Vasta deixa direção da Cogna no mesmo dia em que a Vasta levantou US$ 405,8 milhões 

Nesta sexta-feira (31), a Cogna Educação confirmou que a Vasta, subsidiária da gigante de educação, levantou US$ 405,8 milhões (equivalente a R$ 2 bilhões) em sua oferta inicial de ações (IPO) na Nasdaq, a bolsa americana das empresas de tecnologia. No mesmo dia, a Cogna informou que Mario Ghio Junior renunciou ao cargo de diretor estatutário da companhia, sem designação específica, para atuar exclusivamente como presidente e membro do conselho de administração da Vasta. A Vasta presta serviços educacionais, tanto de conteúdo pedagógico quanto de gestão administrativa, a outras escolas.

Saiba mais

 

Meta para matrículas no ensino superior deverá ser atingida só em 2041

A meta para as matrículas no ensino superior, prevista no Plano Nacional da Educação (PNE), deverá ser atingida só em 2041 – 17 anos após o previsto, segundo projeção da Abmes (Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior). Solón Caldas, diretor-executivo da Abmes, definiu quatro fatores que podem contribuir para a queda de matrículas no ensino superior e a formação de jovens: evasão e inadimplência, cortes no financiamento estudantil, reforma tributária e aumento de impostos, e o atraso na divulgação de resultados do próximo Enem. 

Saiba mais

 

Yduqs conclui aquisição do Grupo Athenas

Com a aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), a Yduqs, ex-Estácio, pôde concluir a aquisição do Grupo Athenas, pelo valor total de 120 milhões de reais, na última terça-feira (28). Foram pagos 106 milhões de reais à vista, outros 14 milhões de reais serão pagos no quinto aniversário.

Saiba mais

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Jannete Xavier
por Jannete Xavier
Jornalista e Relações Públicas na Quero Educação