O marketplace educacional já se consolidou como um novo modelo de negócio que dá resultado.

Até pouco anos, a captação de alunos para instituições de ensino tinha seus modelos sólidos, e podemos até dizer que um pouco distantes da internet. A presença das faculdades na internet, por exemplo, servia muitas vezes apenas para conteúdo institucional. Alguma palavras, como marketplace, não estavam presentes no cotidiano dos gestores educacionais. Mas, hoje em dia, a situação é outra.

A transformação digital permitiu aos diferentes setores econômicos se atualizarem e encontrarem novas formas de se conectar com seus clientes e atrair públicos segmentados e de alcance muitas vezes mais difícil. Com as IEs não foi diferente.

O marketplace educacional surgiu, nessa grande onda virtual, para oferecer às faculdades e escolas brasileiras a oportunidade de estarem presentes em uma grande vitrine digital, destacando-se em uma plataforma na qual os pais e alunos confiam e encontram conteúdo de qualidade.

A seguir, você vai conhecer cinco principais vantagens que instituições educacionais que já trabalham com o marketplace da Quero Educação possuem e recomendam como estratégia para você também alavancar a sua captação.

1 – Visibilidade

O ditado é antigo, mas ainda é válido: “quem não é visto, não é lembrado”. Portanto, a situação que citamos no início do texto da pouca presença das instituições de ensino na internet é praticamente um pecado mercadológico que nenhum gestor pode mais cometer.

Estamos em uma era digital e o local onde os alunos irão procurar informações sobre o lugar onde vão estudar é a internet. Se o seu aluno não encontra informações sobre a sua IES, você já está alguns passos atrás nessa corrida.

Por isso, estar presente em um marketplace educacional reconhecido e com alcance é muito importante para que o aluno encontre a sua instituição e curso quando buscar por informações. O Quero Marketplace é a maior plataforma do Brasil e já proporcionou a matrícula de mais de 600 mil estudantes nas principais instituições do país.

2 – Alunos informados e decididos

A escolha de um curso dificilmente é uma compra de impulso. É uma jornada complexa e que precisa de fundamentos para ser consolidada. Quem visita o marketplace da Quero Educação encontra todas as informações sobre carreiras, cursos, reputação das instituições com avaliações reais e verificadas e um material de qualidade na linguagem do aluno.

É uma plataforma criada e pensada para entregar às faculdades parceiras um aluno que chegará até a matrícula decidido pelo que quer. O estudante que passa por um processo de escolha bem informado, tem menos chances de desistir do curso. Ele estará entusiasmado e seguro com sua escolha, o que ajuda a diminuir as taxas de evasão, um problema incômodo e conhecido dos gestores.

Portanto, não dá mais para associar o marketplace com um grande caderno de ofertas e preços. Amazon, Mercado Livre, Magalu e outros marketplaces perceberam a diferença que um cliente decidido faz para a finalização da venda e também investem em conteúdo informativo e destacam parceiros de qualidade com base nas avaliações.

3 – Você define a sua oferta

No marketplace o gestor tem a liberdade para definir qual será o investimento na plataforma, os cursos disponíveis, o número de vagas e o valor de cada uma das ofertas.

As IES têm total autonomia para começar de forma cautelosa, como fez a UniChristus. Quando ela entrou no Quero Marketplace, em 2018, apenas dois cursos foram ofertados. Na última captação, e devido aos bons resultados, foram ofertados quinze dos dezessete cursos da instituição. A participação do Quero Marketplace na captação de alunos chegou a representar entre 20 a 30% do total.

Essa independência que a plataforma de marketplace oferece é importante para aprender a dosar e trabalhar com seu portfólio conforme a demanda do mercado na sua região. As suas campanhas online e offline podem trabalhar em harmonia e sustentabilidade, com alcances maiores e captação extra.

4 – Relatórios atualizados em tempo real

Para basear as principais decisões é necessário ter dados sólidos sobre a situação do mercado e da efetividade das estratégias propostas e realizadas. Afinal, não adiantaria ter a liberdade para definir a oferta sem ter segurança sobre o cenário em que você atua.

Com o Quero Marketplace, você tem acesso ao overview de situação dos candidatos e número de visitas dentro de cada curso. Além disso, você consegue identificar qual o preço médio ofertado pela concorrência na região, podendo adequar seus produtos especialmente conforme a realidade do mercado e público mais próximo.

Toda a sua performance, semestre a semestre, é registrada com detalhes para que você possa estudar a curva de resultados com o passar do tempo. Com esses dados, é possível realizar estudos comparativos com as outras formas de ingresso realizadas e entender os gargalos e pontos positivos da sua operação.

5 – Soluções extras disponíveis

Você pode ir mais longe com as soluções premium oferecidas pelo Quero Marketplace. Tenha autonomia para participar de campanhas estratégicas e impulsionar suas ofertas, para que elas fiquem visíveis mais rapidamente ao seu público-alvo.

A plataforma possibilita ainda a digitalização de todo o processo de captação e gestão de alunos, de forma segura e prática.

Outra vantagem disponível é trabalhar com a redução da inadimplência, em uma plataforma dedicada a pagamentos e com atendimento multicanal e humanizado.

Para abreviar a jornada do aluno e diminuir custos internos, você poderá permitir que o aluno realize o vestibular e a matrícula online, sem precisar sair de casa e facilitando processos burocráticos.

Conclusão

O marketplace educacional da Quero Educação já trabalhou com mais de 5.500 instituições de ensino, entre faculdades, ensino básico e escolas de idiomas.

Se você ficou interessado em agregar essas vantagens do marketplace educacional na sua estratégia de captação de alunos, converse agora mesmo com um dos nossos especialistas! Eles estão preparados para indicar a solução ideal para o tamanho e necessidade da sua instituição de ensino.

Flávio Rabelo
por Flávio Rabelo