Confira algumas sugestões para alterar fluxos de trabalho e melhorar o rendimento da sua equipe.

Como está o seu planejamento para o próximo ciclo de captação de alunos? Este é um momento decisivo para definir quais serão as estratégias utilizadas e consolidá-las para realizar com firmeza seu projeto de vendas. 

E, em um mundo cheio de transformações, talvez você também esteja na busca por testar novidades e modificar seu jeito de trabalhar e vender. A maioria dessas mudanças está no ambiente virtual. O marketing educacional já tem conexões sólidas com o marketing digital e demonstra que vai ganhar cada vez mais espaço, com soluções para atração de público, marketplace e até na gestão de pagamentos.

A seguir, daremos cinco dicas sobre marketing educacional para que você possa ficar por dentro de algumas tendências e processos para aumentar sua captação de alunos.

 

Saiba observar os novos cenários 

Grande parte do segredo para sair na frente da concorrência é estar atento às oportunidades. Acima de tudo, busque treinar o seu olhar e o da sua equipe para observar para qual lado a “bússola” que guia a atenção do seu público está se movendo. Esteja presente onde eles estão e fale a língua deles.

O público jovem se interessa por novidades e se surpreende quando até as instituições consideradas mais “sólidas” integram o mesmo ambiente que elas. Você já refletiu sobre a presença da sua IES nas redes sociais? Será que elas estão apenas cumprindo um papel de “existência” ou estão fazendo a diferença e alcançando e retendo seus alunos? Você tem ferramentas para medir o retorno de investimento nas mídias sociais?

Entretanto, lembre-se: é preciso tomar cuidado para não cometer excessos e sempre adequar a sua linguagem para que o “descolado” não se torne “forçado”. Mudanças bruscas também assustam, portanto, sempre as faça com planejamento e muita pesquisa.

Faça da diversidade algo presente no seu cotidiano

Nossas ações são reflexos de quem somos. Logo, para que uma instituição de ensino se mostre verdadeiramente diversa, ela precisa ter em seu DNA os integrantes que possibilitem essa transformação. E, para que seja real, isso começa de dentro para fora.

Em um exercício primário de reflexão, permita-se observar, por exemplo, a distribuição de gênero e raça dentro da sua empresa e da sua equipe. É um ambiente inclusivo e aberto às diferenças? Este é um desafio difícil, mas que deve ser colocado em questão antes de propor estratégias de captação que envolvam a diversidade.

Antes de tudo, consumidores estão cada vez mais cobrando que as empresas apresentem ações efetivas que promovam a sustentabilidade e que o discurso não fique só no papel. E são vários os caminhos para tornar sua IES mais plural. Como material de apoio para essa transformação, você pode conferir nosso artigo com 11 ações para promover a diversidade.

 

Teste novos formatos de captação

Apostar todas as fichas em apenas uma forma de captação pode ser uma atitude arriscada para o seu negócio, ainda mais em um cenário de incerteza devido à pandemia.  O momento que vivemos se mostra ideal para digitalizar suas estratégias e testar novos formatos de captação, como o marketplace.

O modelo de marketplace ajudou empresas como Amazon e Mercado Livre a se tornarem as gigantes do comércio eletrônico que são hoje. Em formato de parceria com seus vendedores, os dois lados saem ganhando. A sua IES também pode estar em uma grande vitrine virtual como o Quero Marketplace e ampliar a capacidade de alcance.

Aproveite a oportunidade para conhecer e apostar em ferramentas como esta, que além de demonstrar resultados impressionantes de crescimento de vendas, também estão prontas para as novas necessidades que as transformações digitais impuseram sobre os modelos de negócio.

Nunca deixe os números de lado

No marketing educacional os números também falam. E muito! As ações sempre geram indicadores de resultado e permitem que caminhos diferentes possam ser comparados e ajustados para uma performance melhor.

A gestão de dados é um trunfo muito importante para ser desperdiçado e que chegou ao mercado educacional para revolucionar as formas como se traçam a captação de alunos.

Não analisar o impacto das ações é como jogar dinheiro fora. Por isso, cada centavo investido em plataformas que mensuram o alcance, engajamento e efetividade de vendas vale a pena.

 

Use o tempo e as ferramentas tecnológicas a seu favor

O mercado dispõe de várias ferramentas que economizam e automatizam atividades que antes passávamos horas ou dias preparando. E isso vai desde uma simples agenda até mesmo programas e robôs que fazem relatórios ou ajudam no atendimento ao cliente.

Assim, há mais tempo para que sua equipe realize as análises críticas e prepare sugestões criativas, algo que as máquinas dificilmente vão superar o ser humano. Nossa capacidade inventiva precisa de espaço para se desenvolver, portanto, não perder tempo com o que já dá para ser feito automaticamente é importante para se adequar às novas tendências do marketing educacional.

Soluções voltadas para vendas no mercado educacional, como a Quero Analytics, podem te ajudar a acelerar processos, cálculos e decisões, pois oferecem análises de preço, demanda e de marca para que você seja mais assertivo na estratégia de precificação, compreenda as necessidades do seu público e posicione sua IES no local onde ela precisa estar: na visão do seu futuro aluno.

Conclusão

O marketing educacional está passando por grandes transformações. As novas tendências guiam os gestores para caminhos que atendam diretrizes de sustentabilidade, diversidade e inovação

Estar preparado e atualizado sobre esses assuntos é essencial para os profissionais desta área, por isso convidamos você a se inscrever em nossa newsletter e acompanhar gratuitamente nossas postagens semanais com as melhores e principais novidades do setor.

Flávio Rabelo
por Flávio Rabelo